Adisseo

Rovabio® Excel é a primeira enzima que degrada PNA aprovada para matrizes suínas pela UE

11/23/2014

A União Européia* acaba de conceder a Rovabio® Excel a autorização para uso em porcas, desde uma semana antes do parto até o desmame. A suplementação da dieta de porcas em lactação com Rovabio® Excel, a enzima versátil, proporcionou uma menor perda de peso e melhorou o consumo alimentar durante a lactação. Rovabio® Excel é uma valiosa ferramenta para beneficiar a indústria suína, que constantemente opera com margens de lucro muito pequenas.

Uma meta-análise foi realizada com 6 ensaios em várias universidades ao redor do mundo, envolvendo 640 porcas. Esta meta-análise apresentou uma redução média de 3 kg (mais de 20%) na perda de peso das porcas que receberam uma dieta suplementada com Rovabio® Excel em situações variáveis de ambiência, condições de instalações, formulações de dietas e linhagens. Resultados similares foram obtidos tanto em dietas de milho quanto de trigo e cevada (Figura 1).

A perda de peso das porcas durante a lactação é um importante indicador da prolificidade subsequente, tendo impacto na duração do intervalo entre o desmame e a cobertura útil, tamanho da leitegada e na longevidade produtiva destas fêmeas.

Um estudo realizado no Prairie Swine Center (Canadá) confirmou o interesse em utilizar enzimas que degradam PNAs na dieta de porcas em lactação (Tabela 1). Existe uma redução na perda de peso durante a lactação (-1,7 kg) e na diminuição da gordura subcutânea (-0,5 mm) após o desmame.

O efeito positivo é mais importante no primeiro parto, e se espera um impacto positivo no desempenho reprodutivo subsequente e na longevidade produtiva do rebanho.

Estes resultados são consequência de dois mecanismos:
Primeiramente, o complexo multi-enzimático leva a uma melhor digestibilidade das principais matérias primas usadas nas dietas e também a uma melhora no consumo de ração durante o período de lactação (+7 kg).
Em função destes dois benefícios nutricionais nas porcas, o peso individual dos leitões e o peso da leitegada ao desmame também são melhorados quando as matrizes suínas recebem uma dieta com Rovabio® Excel: 6,47 kg contra 6,23 kg; e 67,3 kg contra 62,3 kg, respectivamente.

Para os nutricionistas que lidam com o desafio de requerimentos nutricionais cada vez mais altos das porcas hiperprolíficas com capacidade limitada de consumo de ração, Rovabio® Excel se mostra uma ferramenta útil para a formulação de dietas com maior conteúdo de energia.

Além disso, se um aumento de 240 g no peso dos leitões ao desmame – como obtido no experimento realizado no Prairie Swine Center – levar a um aumento no peso vivo ao abate entre 0,6 kg a 1 kg (equivalente a 0,5 a 0,8 kg de peso de carcaça em condições de campo), o benefício do uso de Rovabio® seria de aproximadamente US$ 18 a 35/ porca/ ano dependendo dos custos locais, considerando-se 23 leitões por porca/ano e um preço de US$ 1,6 a 1,9/kg da carne suína. Assim sendo, com um custo de uso de apenas US$ 0,95/porca/ano para o produtor, esta única vantagem leva a um retorno no investimento entre 20:1 e 40:1.

Com este novo registro, Rovabio® Excel confirma sua posição de liderança como a enzima versátil. Esta é a única enzima disponível no mercado com uma dose única recomendada para todas as dietas, sendo aprovada para aves, leitões (desmamados), suínos de engorda e agora para porcas entre uma semana antes do parto até o desmame.

* COMISSÃO DE REGULAMENTAÇÃO (UE) No 1138/2014

Figura 1: Resultados de 6 estudos no mundo. Perda de peso durante a lactação

Figura 1: Resultados de 6 estudos no mundo. Perda de peso durante a lactação

Tabela 1. Resultados do estudo em Prairie Swine Center (Canadá)

  Controle Rovabio®
Parâmetros das porcas    
Consumo de ração do parto à desmama (kg) 104 111
Perda de peso durante a lactação (kg) -23,8 kg -22,1 kg
Variação da espessura do toucinho durante a lactação (mm) -5,1 -4,6
Parâmetros da leitegada e leitões    
Leitões nascidos vivos 10,81 10,62
Leitões desmamados 10,01 10,40
Peso da leitegada ao desmame (kg) 62,3 67,3
Peso individual ao desmame (kg) 6,23 6,47

Tweets


DIM program by Adisseo ensures a support of feed millers for the installation of an application equipment of Rhodimet® AT88. The last step of this “service & support” program is: Monitoring. 💡More info ➡ https://t.co/nbxZ1FbaHS https://t.co/fPY22ZNY9t Adisseo photo

[ #Job] 💼Adisseo recherche un Technicien programmation Delta V pour notre site de Commentry ( France). Pour plus d'info ➡️ https://t.co/xYPzqvnzNw https://t.co/GiEgmZ3uTf Adisseo photo

Adisseo works every day to be the partner of choice in #animal nutrition! 🐮
To achieve our goal, we work together and give everything we have to improve the food chain by providing support to key actors in #nutrition.
Find out more about our mission on ➡️ https://t.co/qCdrjlaPSW https://t.co/YDMykVW4oe
Adisseo photo

[ #Job] 💼 Adisseo is looking for a Headquarters HR Manager (CDD 5 Months) in France. Ready to join us? For more information and to apply ➡ https://t.co/YS1bN63Wye https://t.co/1iqBPBctNc

In the frame of DIM program by Adisseo to support feed millers to the switch to Rhodimet® AT88, the second step is: Application Equipment Implementation. #methionine More information ➡ https://t.co/o1w6RkCB1S https://t.co/5fWZMuXhnR Adisseo photo

How to improve DIET PALATABILITY to stimulate sow 🐖 feed intake during lactation in Summer 🌞. Want to know more ➡ https://t.co/q8xxE9KpXK #Palatability #Krave®AP #Swine #HeatStress #FeedIntake https://t.co/sVMY4mqkGv Adisseo photo