Adisseo

Previsão de contaminação de grãos

07/19/2021

AS MICOTOXINAS PREJUDICAM A VITALIDADE DOS ANIMAIS

O objetivo das dietas para animais é atender as suas necessidades nutricionais, mantendo uma boa saúde.

No entanto, a maioria das safras colhidas em todo o mundo está contaminada por metabólitos de fungos, chamados de micotoxinas, que podem prejudicar a vitalidade de um animal.

Mais de 500 micotoxinas foram identificadas até agora, e classificadas em seis categorias: Aflatoxinas, Ocratoxinas, Fumonisinas, Zearalenona, Alcaloides do Ergot e Tricotecenos. Essas toxinas afetam negativamente o estado de saúde, reprodução, funcionamento dos órgãos, imunidade e digestão dos animais.

mycotoxins-management-news-wheat

A maioria das micotoxinas é produzida por fungos em plantas cultivadas no campo. O mais importante é o Fusarium, que pode produzir mais de 70 compostos tóxicos diferentes, incluindo fumonisinas, toxina T-2, DON e zearalenona. O Aspergillus também pode crescer em campos de climas quentes e produzir aflatoxina B1. Durante o armazenamento, Aspergillus e Penicillium são os principais produtores de micotoxinas como aflatoxina B1, ocratoxina A, citrinina, ácido penicílico, etc.

A sensibilidade às várias micotoxinas difere entre as espécies animais. Isso depende também de outros fatores, como o tipo de micotoxina consumida, o nível e a duração da ingestão, questões relacionadas aos animais, como sexo, idade, raça, saúde geral, estado imunológico e estado nutricional, bem como condições ambientais, como manejo da fazenda, higiene e temperatura.

Em geral, os porcos são mais sensíveis às micotoxinas do que as aves e as vacas, e o efeito das micotoxinas no desempenho e na saúde dos animais jovens ou reprodutores é mais preocupante do que nos outros estágios. Sintomas específicos podem ser observados no caso de algumas exposições a micotoxinas, por exemplo, o efeito estrogênico da zearalenona resulta em uma capacidade reprodutiva reduzida (incluindo uma taxa de inseminação diminuída, abortos, longo período de serviço para porcos e vacas, bem como eclodibilidade e fertilidade diminuídas, e aumento da mortalidade embrionária para matrizes). Mas na maioria dos casos, o nível de micotoxinas nos alimentos não é muito alto e nenhum efeito negativo é observado em animais, embora sempre possa haver problemas com vacinações e falhas de medicação.

A PREVENÇÃO DA CONTAMINAÇÃO DOS GRÃOS POR MICOTOXINAS É A CHAVE PARA A ORGANIZAÇÃO DA FORMULAÇÃO E MANEJO DE MICOTOXINAS PARA O ANO SEGUINTE.

A produção de micotoxinas é um processo cumulativo desde a colheita até a produção de ração. Diversos fatores controlam essa produção, sendo os mais relevantes as condições climáticas e as práticas agronômicas durante a fase de cultivo. No entanto, cada micotoxina possui seu próprio modelo de desenvolvimento, o que significa que as safras são contaminadas de forma diferente a cada ano, tanto em quantidade quanto em tipo de micotoxina. O risco está, portanto, sempre presente e em constante mudança.

Portanto, a previsão/controle da contaminação da safra antes do armazenamento é a chave para organizar e planejar a formulação/manejo de micotoxinas para o ano seguinte.

É necessária uma abordagem holística para eleger a melhor estratégia. Na Adisseo, oferecemos uma abordagem integral, percorrendo todas as etapas da rede. Nossa gama de serviços MycoMan permite que o risco das matérias-primas para os animais seja identificado:

  • MycoMan Predict (previsão da qualidade pré-colheita dos grãos de milho e trigo);
  • MycoMan Harvest Bulletin (avaliação das condições gerais da safra e da qualidade dos grãos de milho e trigo);
  • Teste MycoMan (Quick) (estimativa da contaminação de matérias-primas).

 

MYCOMAN, UMA GAMA DE SERVIÇOS PARA IDENTIFICAR SEU RISCO DE MICOTOXINAS.

O MycoMan Predict foi desenvolvido pela Adisseo em parceria com a Syngenta, líder mundial em soluções para plantas. Graças a uma equação preditiva, a contaminação de uma área por micotoxinas pode ser prevista antes da colheita da safra. A equação preditiva é baseada em dois fatores: as circunstâncias climáticas e agronômicas em uma determinada região durante o ano. O risco climático depende da combinação entre precipitação e temperatura durante a vegetação da safra, enquanto o risco agronômico está relacionado à monocultura, às práticas de aração e à sensibilidade das linhagens da cultura. Embora esses fatores possam ser iguais para a mesma safra na mesma área, a equação para cada micotoxina será diferente.

Com o MycoMan Predict, fornecemos informações valiosas aos produtores de rações para ajudá-los a preparar seu manejo de micotoxinas em um estágio precoce. Um exemplo prático é a decisão de dividir o mesmo tipo de cereal entre diferentes silos de acordo com os níveis de contaminação ou espécie animal. Se os gerentes das fábricas de rações estiverem cientes do risco de micotoxinas por país de origem, poderão decidir se irão armazenar os mesmos tipos de grãos, mas de fornecedores diferentes, juntos ou separadamente, de acordo com o risco. Se o risco for baixo em uma região produtora de grãos e alto em uma outra, pode ser uma boa opção separar esses grãos e utilizar os lotes contaminados nas rações com a inclusão de um desativador de micotoxinas mais forte para animais menos sensíveis. Assim, o MycoMan Predict permite um bom preparo e organização da colheita e das plantações nos meses seguintes.

Os resultados do MycoMan Predict para DON no trigo (Polônia) deste ano são dados como exemplo,

 

A próxima etapa é o MycoMan Harvest bulltetin, que fornece valores analíticos de milho e do trigo que foram coletados no momento pós-colheita e antes do armazenamento. Essa análise estabelece o risco de contaminação por micotoxinas para todo o ano seguinte e permite que ações corretivas, como descarte de lotes contaminados ou diluição de lotes contaminados com lotes mais seguros na fábrica de rações, sejam adotadas.

 

E a última etapa na previsão da contaminação dos grãos antes do armazenamento é o MycoMan test (rápido). A melhor maneira prática de controlar os níveis de micotoxinas é usar sistemas de kit de teste rápido para a análise de micotoxinas em matérias-primas que ainda não foram armazenadas em silos. Diferentes sistemas de kit de teste rápido foram validados para diferentes micotoxinas e commodities e oferecem uma maneira muito rápida e eficaz de selecionar matérias-primas antes de serem introduzidas na ração. Uma vez que os níveis são conhecidos, qualquer produtor de ração pode estimar a qualidade de suas matérias-primas, em termos de contaminação por micotoxinas, e pode efetivamente e mais precisamente (ajuste de dosagem) aplicar um desativador ou aglutinante de micotoxinas durante a produção de rações. Na Adisseo, temos dois testes rápidos diferentes de fornecedores de referência.

Como todos os nossos clientes são diferentes e têm restrições distintas, oferecemos 3 opções para prever a qualidade de uma safra antes do armazenamento: MycoMan Predict, MycoMan Harvest bulletin e MycoMan Test (rápido) para melhor adaptação às suas necessidades.

 

Acesse a página do produto

Tweets


"How Supplemental Methionine Moderates Heat Stress" is the topic of this week's Adisseo Ruminant Podcast.
You'll learn how #SupplementalMethionine modulated liver protein abundance and enzyme activity.

Listen to this episode➡️ https://t.co/4Wyefb8Ymu https://t.co/WCWsj8iaDT
Adisseo photo

🔊My name is Tahir and I joined Adisseo in 2020. I work as Science and Technical Solution Developer.
I participate in the management of projects in the field of nutrition by amino acids.
I'm proud to contribute to feeding the world population with “care for the environment”.🙏 https://t.co/L0Pe0nRbSt
Adisseo photo

💼Vous souhaitez rejoindre notre équipe de #RechercheDeveloppement en #France ? 🇫🇷
Devenez notre nouvel Ingénieur Analytique Support Business.
Postulez dès maintenant➡️ https://t.co/7Y29HUGNjG https://t.co/jecaNAzPsd

From September 20 to November 21, Adisseo teams are participating in the first wave of @SquadEasy challenges.
Let's encourage them!🙌 https://t.co/uDNyNuPd3R
Adisseo photo

During #TheGlobalFoodSecuritySustainabilityVirtualSummit2021, Eric Paillard, #ManagingDirector of #AdisseoAsiaPacific, presented its study on the issue "the task of feeding 10 billion people by 2050".

To watch the complete presentation➡️ https://t.co/2GAZrSdfDG

"How Mycotoxin Deactivation Improves Health and Performance?"🤔
Discover the expertise on this podcast➡️ https://t.co/qcWlSt6X8J https://t.co/gUWhvs0GpX
Adisseo photo